Notícias



05/09/2017
MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE LANÇA CARTILHA SOBRE DESCARTE CORRETO DE LIXO ORGÂNICO


Hoje no Brasil são produzidas aproximadamente 250 mil toneladas de lixo por dia, sendo que 52% são de lixo orgânico. Porém, o descarte desses resíduos é realizado incorretamente pela população, causando diversos danos ao planeta.


Por isso, o Ministério do Meio Ambiente lançou uma cartilha online que explica e informa de forma didática sobre o descarte correto de lixo orgânico. A iniciativa surgiu após o Ministério perceber que esses resíduos representam metade do lixo gerado no Brasil, o que é bastante preocupante, uma vez que esses são uma ameaça ao meio ambiente, por liberarem chorume e gases de efeito estufa no solo e no ar, e colaborarem com o aparecimento e a propagação de animais transmissores de doenças.


O manual de orientação é uma parceria entre o Ministério do Meio Ambiente, SESC e Cepagro de Santa Catarina e visa mostrar para a população que o correto é fazer com que os resíduos orgânicos, como aparatos de madeira, esterco e restos de comida e poda, voltem para o solo de forma segura e sejam utilizados como adubos naturais em jardins, hortas, pastos e na recuperação de áreas degradadas.


A cartilha ainda dá diversas dicas de compostagem doméstica, comunitária e institucional, mostrando a melhor forma de separação do lixo e descarte do material, quais ferramentas e equipamentos utilizar e os materiais e insumos necessários. Além disso, mostra alternativas para o tratamento dos resíduos orgânicos, tais como: vermicompostagem (com minhoca), enterramento, biodigestão e incineração.


Para o Ministério, o principal objetivo desse manual é impulsionar a compostagem no Brasil, motivando para a população e as instituições a autogestão e o grande potencial de aproveitamento dos lixos orgânicos. Acesse a cartilha completa através do link e ajude no descarte correto dos lixos orgânicos.


Fonte: Pensamento Verde




(16) 3406-6864 - (16) 99266-9858

ecolixo@ecolixo.com.br

Rua Joaquim Correia Junior, 4950

Distrito Industrial Franca - SP

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS


CLASSE I (Perigosos) - CLASSE II (Não Inertes)

SAIBA CONTRATAR