Notícias



14/09/2018
BRASIL É O MAIOR PRODUTOR DE LIXO ELETRÔNICO DA AMÉRICA LATINA


De acordo com o estudo Global E-Waste Monitor, realizado pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Brasil é o maior produtor de lixo eletrônico da América Latina — e 7º maior do mundo. Anualmente, o país produz 1,5 mil toneladas de lixo eletrônico, e apenas 3% de todo esse montante tem um descarte adequado.


Isso é preocupante, pois, devido à composição química dos equipamentos, muito desse lixo eletrônico é extremamente tóxico ao ambiente.


Um exemplo do perigo do descarte inadequado são os cartuchos e toners de impressoras. Apesar de aparentemente inofensivos, os toners de tinta contêm um pó que, ao entrar em contato com fogo, libera gás metano, que não só potencializa o efeito estufa e causa problemas respiratórios em humanos, como também é inflamável e pode causar explosões. Já a tinta que sobra nos cartuchos de impressoras contamina o solo e o lençol freático, tornando a terra estéril e a água imprópria para o consumo.


Informações: https://canaltech.com.br



Fonte: ProfResíduo




(16) 3406-6864 - (16) 99266-9858

ecolixo@ecolixo.com.br

Av. Ministro Rui Barbosa, 1798

Vila Rezende Franca - SP

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS


CLASSE I (Perigosos) - CLASSE II (Não Inertes)

SAIBA CONTRATAR